Hotel Becquer

Um pouco de história

(Saída )

Pacotes exclusivos

Melhore a sua estadia, adicionando este pacote ao seu processo de reserva através do nosso Site Oficial.

Um pouco de história

O Hotel Bécquer dá seguimento à tradição de outros estabelecimentos hoteleiros cujas origens remontam ao século XIX. De entre esses espaços, destacou-se o hotel Cecil Oriente, situado na Plaza Nueva, que funcionou até 1970. A família proprietária vendeu-o um ano depois para construir o Hotel Bécquer na C/ Reyes Católicos, no lugar ocupado pelo palacete dos Marqueses das Torres de la Pressa, a Excmª Sra. Dª Elvira Marañón y Jiménez e o Excmº. Sr. D. Andrés Lasso de la Vega y Quintanilla.

O estabelecimento hoteleiro

O Hotel Bécquer é propriedade de uma família sevilhana de grande experiência no ramo da hotelaria, com raízes no início do século passado, através da gestão de estabelecimentos hoteleiros nas cidades de Madrid e Sevilha.

A pensar no futuro, a família proprietária do Hotel Bécquer adquiriu recentemente um edifício no Paseo de Colón da cidade, onde os prestigiados arquitetos Cruz y Ortiz estão atualmente a construir o Hotel Kivir, cuja inauguração está prevista para 2018.

propiedad
Hotel Becquer

Um hotel com caráter

Para a sua construção foram utilizados elementos de grande valor pertencentes ao palacete, como as Grades Renascimento que se encontram no balcão da receção, as grades que formam a cancela do bar interior, o lambril do citado bar, o lambril da sala romântica, a lareira dessa sala, os vitrais de chumbo da sala principal e as respetivas portas revestidas a chumbo.

Com estes detalhes, procurou-se incluir na decoração do hotel elementos originais e artísticos que lhe oferecem um caráter especial e distintivo.

Gustavo Adolfo Bécquer

Nascido na cidade de Sevilha em 1836, Gustavo Adolfo Claudio Domínguez Bastida foi um famoso poeta e narrador espanhol pertencente ao movimento literário do romantismo tardio ou pós-romantismo. Considerado pela crítica como o precursor da poesia espanhola contemporânea, foi, juntamente com Rosalía de Castro, o expoente máximo da poesia pós-romântica no país vizinho. Autor de inúmeras obras de teatro, artigos, relatos e crónicas, trabalhou como jornalista e censor oficial de romances, até que atingiu a fama com a sua obra poética Rimas. Como prosista, destaca-se a sua obra Leyendas, um compêndio de relatos fantásticos envoltos numa aura sobrenatural e misteriosa. Morreu em Madrid, corria o ano de 1870; atualmente, os seus restos estão depositados no Panteão de Sevilhanos Ilustres, na cripta da Igreja da Anunciação de Sevilha.

Hotel Becquer
raices

As nossas raízes

O Hotel Bécquer foi edificado em 1973 sobre o local que antes tinha sido ocupado pelo palácio dos marqueses de Torres de la Presa, incorporando na construção peças nobres do próprio palácio, como travejamentos, lareiras em caobá, vitrais de chumbo ou grelhas de ferro forjado de alto valor artístico.

Após uma incessante intervenção de renovações, em 1997 o Hotel Bécquer foi ampliado com a aquisição de um edifício contíguo, que foi reconstruído por completo para se adequar aos níveis de exigência que o caracterizam.

Twitter: hotelbecquer_