Descubra Sevilha

Um dos mais populares de Sevilha, recebeu o nome da antiga paróquia de Santa Cruz, uma igreja de estilo mudéjar que foi derrubada durante a ocupação francesa e sobre a qual se construiu posteriormente a atual Praça de Santa Cruz. O bairro é formado por um conjunto de ruas estreitas e labirínticas, ao estilo das velhas judiarias, onde assentam imponentes casas senhoriais, palácios familiares e impressionantes pátios floridos.

Situado na margem do rio Guadalquivir, o Bairro de Triana encontra-se unido ao centro da cidade pela famosa Ponte Isabel II (popularmente conhecido como Ponte de Triana), uma moderna construção de ferro considerada Monumento Histórico Nacional desde 1976. Dizem deste bairro que alberga nas entranhas a real essência de Sevilha. Cruzam-se no caminho do visitante que penetra nas suas ruas o Castelo de São Jorge, a Igreja de Santa Ana, a Cava, a estátua de Juan Belmonte…

É conhecido como Real Alcázar o belo conjunto de edifícios palacianos que, rodeado por uma muralha, se encontra assentado no centro histórico de Sevilha. Embora a sua construção tenha sido iniciada na Alta Idade Média, este conjunto reúne elementos de todos os estilos arquitetónicos que se sucederam do século X ao XVIII, resultando numa surpreendente combinação de arte islâmica e cristã. Destacam-se os delicados jardins e pátios, os magníficos tanques, a coleção de tapeçarias… Foi declarado Património da Humanidade em 1987.

De estilo barroco, o Palácio de São Telmo é um dos edifícios mais emblemáticos da cidade. Construído no séc. XVII, é atualmente a sede do Governo da Andaluzia. Destaca-se a sua magnífica portada de estilo churrigueresco, obra de Matías e Antonio Matías Figueroa.